Anel de casamento e anel de noivado: qual mão usar? Conheça a tradição

| |

Quem está em um compromisso de longa data, normalmente, está na expectativa de que se torne algo mais sério, caminhando para um noivado e um casamento, não é? Ou já recebeu o pedido e tem a grande dúvida: Ganhei um anel de noivado: qual mão uso ele agora?

Bem, não se preocupe, isso é muito comum de acontecer, nem todas as pessoas conhecem em qual dedo e mão os diferentes tipos de anéis e alianças devem ser usados. Cá entre nós, é um pouquinho confuso mesmo.

É para isso que a Céu de Prata está aqui! Sempre pronta para mostrar as novidades do mundo dos acessórios e – claro – ensinar um pouquinho sobre cada. Quer saber como usar o lindo anel? Então, não tire os olhos do post!

Anel de noivado: saiba mais sobre a história da tradição

Existem diferentes tipos de anéis, mas os mais apreciados e desejados são o de noivado e o de casamento. Usar uma joia de noivado tem sido cada dia mais presente entre os casais, representando um ato de amor, de companheirismo e do desejo de ficarem juntos, firmando o laço através do matrimônio.

Mão feminina com anéis diferentes em vários dedos

A história desse símbolo se inicia no Egito Antigo, onde tinham esse costume quando os casamentos eram realizados, assim, a peça, com seu formato circular, significava um laço eterno.

Assim, a prática se alastrou pelas outras civilizações, fazendo-se presente entre os povos gregos. Mas, com eles, houve uma pequena descoberta: o magnetismo do dedo. O quarto dedo da mão esquerda, carinhosamente apelidado de anelar, possui uma veia que se encaminha até o coração.

A partir disso, eles adotaram o uso de um anel feito com ferro imantado, dessa forma os corações do casal estariam sempre ligados e atraídos. Romântico, não é?

A prática, pouco tempo depois, tornou-se, na Roma, uma tradição de cunho católico, quando o Papa Nicolau I deixou instituído que usar aliança era um ato de amor e afirmação entre os noivos, algo obrigatório e que se estende até o período atual.

Mesmo com a perpetuação do ato, é comum que haja dúvidas a respeito de qual mão colocar o anel ou a aliança, como preferir chamar.

Qual mão eu uso o anel de noivado?

Em nosso país, seguindo a tradição da veia que leva até o coração, é costume que o noivo coloque o anel na noiva em seu anelar da mão esquerda. O ato significa que ambos estão comprometidos e aguardam o tempo de casar.

Esse anel ficará ali até a troca pela aliança de casamento, que, por fim, torna-se presença constante na mão do marido e da esposa. A joia do noivado pode continuar sendo usada no mesmo dedo e fica super charmoso, principalmente se combinado com a aliança.

Imagem com fundo branco e anel solitário com pedra de zircônio

Geralmente esses anéis também podem ser chamados de solitários. São jóias lindas que carregam uma pedra preciosa, sendo mais comum o diamante.

Imagem com fundo branco e anel solitário trabalhado em strass com pedra em formato de coração

Vale ressaltar que um anel é diferente da aliança de noivado, por isso não são usados na mesma mão. Se o pedido for feito com uma aliança, ela precisa continuar na mão direita, no lugar da aliança de namoro, e só após o matrimônio ser usada na esquerda.

A aliança é a própria que vocês usarão no dia da união. Então, se o seu parceiro optou ou vai optar por presenteá-la com a de casamento, antes do dia, é indicado que a levem na loja ou em algum joalheiro para que ela seja polida e esteja como nova.

E na hora do casamento, o que fazer? Tiro? Entro com ele?, é totalmente possível que a noiva entre com o seu anel de noivado, mas desde que ele esteja na mão direita, a outra precisa receber a aliança e, portanto, deve estar vazia.

E o homem, fica sem anel?

Essa também tem sido uma das dúvidas do casal. Afinal, se ele der um solitário, então não vai usar nada, como o laço será representado? Não se preocupe, o noivo pode optar por manter a aliança de namoro.

Mas, caso não seja um incômodo entre o casal, ele também pode ficar sem e deixar a mão livre para usar a aliança definitiva no grande dia.

Gravação: o que colocar na aliança?

Se a opção de vocês for por usarem a aliança definitiva, ou seja, a do matrimônio, é importante não gravarem logo de cara a data ou os nomes. Não porque o compromisso não pode ser selado, mas imprevistos acontecem.

E se, de repente, aconteceu algo e não conseguirem casar naquela data que está gravada no interior? Haveria todo o trabalho de polir para tirar, o que pode interferir na largura da peça.

Por isso, antes de chegar o grande dia, vocês devem levar a peça no local em que a compraram para que a data seja gravada e o nome, caso prefiram assim, ou qualquer outra coisa que seja especial para o casal. Nesse momento, o joalheiro aproveitará para polir e deixá-la pronta.

A história e a prática são muito interessantes, não é? Além de terem uma grande importância nos relacionamentos.

Para mais conteúdos sobre joias de compromisso, acessórios, símbolos exotéricos e muito mais, fique sempre ligada nos conteúdos do nosso blog, até a próxima!

Anterior

Estrela de Davi: você conhece o símbolo? Saiba o que ele significa

Cores que combinam com prata: use e arrase nos looks!

Próximo

Deixe um comentário