14 tipos de correntes para você conhecer as diferenças!

Tempo estimado de leitura: 7 minutos

Que o mundo dos acessórios é diverso, todos sabem, além de categorias diferentes, por exemplo, brincos, colares, pulseiras de berloque, entre outras, dentro dessas há outros modelos, como os tipos de correntes. Você, com certeza, pode pegar dois exemplos que tem em casa e ver que possuem diferenças, cada um tem a sua história.

Além disso, conhecer essas diferenças é a forma ideal para criar visuais incríveis, usando esses acessórios como peças curinga e seguindo a tendência da correntaria.

É por isso que a Céu de Prata preparou este post especial, no qual contaremos quais são todos os tipos encontrados e suas características principais. Confira os mais conhecidos:

1. Cartier

corrente cartier

O tipo de corrente Cartier traz o nome do grande criador Louis Cartier, dono da marca que revolucionou os designs das joias. Não é à toa que elas custam milhares, há sempre um famoso usando um anel, brinco ou a própria corrente. Esse modelo possui elos achatados de maneira leve, quase formando um retângulo, que possuem o mesmo tamanho durante todo o comprimento da peça.

2. Groumet

A Groumet é um dos tipos de correntes mais conhecidos e usados. Ela possui elos longos e mais largos, únicos ou duplos, mais grossos e arredondados que a Cartier. Os modelos em prata costumam ser encontrados em diversos tamanhos e são super fáceis de combinar com outros acessórios.

3. Veneziana

Esse é dos tipos de corrente de prata que são super delicadas e românticas, ideais para mulheres que gostam de um visual bem feminino. Seus elos formam uma conexão mais próxima e delicada, pois são interligados. É um modelo bem versátil que pode acomodar tanto pingentes pequenos quanto grandes.

4. Elo Português

As correntes do formato elo português também são uma proposta bem delicada. Sua malha tem elos redondinhos posicionados na vertical e na horizontal alternadamente. Se a corrente for do tipo grossa, pingentes médios a grandes são os mais recomendados para harmonizar, caso contrário, apostem em pingentes menores e mais delicados.

5. Rabo de rato

corrente rabo de rato

A corrente no formato rabo de rato possui uma malha bem popular, principalmente porque as pulseiras de berloques são feitas nesse estilo. O modelo parece um único cordão, tudo bem interligado, como se fosse apenas um fio bem flexível, uma de suas vantagens, visto que é mais difícil estragar.

6. Cordão baiano

Como o nome diz, o modelo lembra uma corda mesmo, com elo bem trabalhado e unido, com diversas tramas. Ela não é tão comum, mas é muito bela, então ter um acessório desse tipo em seu porta-joias é a oportunidade perfeita para criar um mix de colares incrível!

7. Americana

Esse tipo de corrente lembra muito o jeito que a do elo português organiza seus elos, com a diferente é que eles são mais ovais e retorcidos, o que dá uma cara totalmente nova para a peça! É um ótimo modelo para quem gosta de um acessório versátil para todas as ocasiões. Invista em pingentes de prata que representem os seus gostos e arrase!

8. Singapura

corrente singapura

A corrente singapura é aquele modelo torcidinho que vemos muito nas joias de prata. Seus elos são todos interligados de maneira torcida. O efeito é super delicado e muito feminino, ideal para quem ama acessórios com um ar mais romântico para completar o visual. Elas são ótimas para compor o mix de colares ou serem usadas separadamente.

9. Fígaro

Também chamada de Piastrine, a corrente do tipo fígaro, geralmente, possui 3 anéis menores ligados a 1 elo de tamanho maior. O efeito é bem moderno e diferente e está em alta nas composições de colares. Grandes influenciadoras sempre aparecem com um modelinho.

10. Corrente laminada

Esse modelo é bem moderno e passa um ar super elegante e caro. Sua malha é super interligada, criando um efeito liso e reto, um pouco mais grosso que modelos delicados. Ela, geralmente, é usada solo no pescoço, mas é possível adicionar algum pingente caso você goste.

11. Corrente pipoca

Esse é um modelinho super moderno e com um ar bem despojado que pode ser apresentado tanto em prata de lei ou prata envelhecida, com pingentes ou sem. Ela é um fio único, como o modelo rabo de gato, com exceção de que sua malha tem pequenos pontinhos em prata, um ao lado do outro, dando um efeito super diferente à peça.

12. Palmeira

As correntes de malha palmeira possui elos mais interligados e juntinhos, podendo ser levemente achatados ou arredondados, criando um efeito entremeado bem firme e moderno. Elas também podem conter pingentes e ficam ótimas com qualquer outro acessório, principalmente com pulseiras que são do mesmo modelo.

13. Bolinhas

Você achou que todos os tipos de correntes possuíam apenas elos interligados? Não! Os modelos de bolinhas estão aí para provar que também podem completar o look de maneira fantástica. Todo o comprimento da corrente conta com bolinhas, uma ligada à outra. Essas bolinhas trazem um ar bem delicado e divertido, perfeito para pessoas que gostam de usar acessórios inovadores.

14. Personalizadas

Além de todos esses tipos já conhecidos, há a possibilidade de inovar na corrente, como fazê-la através de corações interligados, estrelinhas e outros formatos. São opções modernas e super delicadas para deixar seu visual bem pessoal, que represente o seu jeitinho!

Viu como há muitas opções? Os acessórios estão aí para provar que a moda evolui e torna as peças atemporais. E se você não tem costume de usar colares, nunca é tarde para começar, olha quanto modelo diferente para escolher!

Você já viu outro tipo de corrente diferente dos que citamos aqui? Conte pra nós, ficaremos animadas em saber de novidades! E para receber dicas de como usar acessórios, como cuidar de sua prata e muito mais, continue nos acompanhando.

Photo of author

Autor: Céu de Prata

Deixe um comentário